logo

CRS Crateús e Eco Juá discutem parceria para destinação final do óleo de cozinha

O descarte do óleo é apenas uma pequena parte do grande problema relacionado à geração de lixo no mundo. No caso do óleo de cozinha usado em frituras, a possibilidade mais concreta para evitar seu despejo na natureza é reaproveitá-lo fazendo sabão. Pensando nisso, o Consórcio Público de Manejo de Resíduos Sólidos da Região dos Sertões de Crateús através do superintendente, Biólogo Flávio Brito, realizou nesta quarta-feira (18) de uma reunião com o Coordenador do Projeto Eco Juá, Magerbio Veríssimo.
A reunião, que aconteceu de forma virtual, teve o objetivo de dar o pontapé inicial na parceria do Produtos de Limpeza Juá com o CRS Crateús a fim de viabilizar a coleta de óleo de cozinha nos Municípios consorciados.
Essa ação tem o objetivo de minimizar os níveis de contaminação causados pelo óleo de cozinha usado, haja vista esta substância quando descartada de forma inadequada, traz ao meio ambiente um alto poder de contaminação da água e do solo, causando imensos prejuízos à fauna e flora nativas. Segundo um estudo da SABESP realizado em 2010 revela que um único litro de óleo de fritura pode contaminar cerca de 20 mil litros de água limpa.
A iniciativa visa uma parceria com entidades dos Municípios consorciados como cooperativas, associação de catadores, ONGs, etc, onde cada litro de óleo arrecadado é revertido em benefício financeiro.

Compartilhe o Post

Mais Notícias