logo

Os principais benefícios da reciclagem

Além da preservação ambiental, existem também motivos econômicos e até de saúde pública; entenda.

Durante a campanha “Juntos Por Uma Cidade Limpa” muito já foi discutido e ensinado acerca da reciclagem. Já falamos sobre os principais tipos de lixo produzidos pela sociedade, quais os tipos que produzimos em casa, como separá-los para coleta e até sobre a importância das cooperativas de catadores, estes sendo grandes agentes ativos da reciclagem nos centros urbanos.

Porém, durante todo esse processo de conscientização e educação ambiental, pode surgir o seguinte questionamento: quais benefícios a reciclagem traz para nós? Qual o impacto que a reciclagem tem na sociedade?

Para responder essa pergunta, é preciso observar os efeitos da reciclagem em grande escala. De nada adianta informar a população que 1kg de vidro quebrado pode se tornar 1kg de vidro reciclado, o que ajuda a diminuir a poluição, se essa informação não mostra um benefício amplo e um impacto grande como consequência da adoção de atos sustentáveis no nosso dia a dia. É preciso contemplar os grandes resultados para incentivar as pequenas atitudes.

Dessa forma, confira a seguir os maiores benefícios que a reciclagem traz para a sociedade em que vivemos:

Diminuição da poluição do ar, água e solo:

Quando se tem os cuidados com o lixo produzido – ou seja, separação, limpeza e reciclagem – a quantidade de lixo que vai parar em aterros sanitários é menor. Isso influencia, de forma indireta, algumas questões de saúde pública, pois quanto menos lixo tiver nos aterros, menor é o risco de contaminação do solo e dos rios, o que também diminui a propagação de doenças e agentes patogênicos.

Economia de energia

O custo energético para reciclar é consideravelmente menor, pois parte do processamento e tratamento de uma matéria prima já foram realizados pelos processos industriais. Ou seja, é mais barato fazer um produto novo a partir de matéria prima reciclada do que a partir de matéria prima virgem, já que requer mais tempo, tratamento, e em alguns casos, mais produtos químicos para atingir a forma final. Em casos de produção industrial, isso pode influenciar até em uma redução de poluição do ar, pois se a indústria gasta menos energia, menos tempo e menos recursos, também emite menos substâncias para a atmosfera.

Geração de empregos e renda

Como foi abordado em nossa última matéria (inserir link) as cooperativas de reciclagem são muito importantes para manter esse processo de reutilização nos centros urbanos. Contudo as cooperativas se mantêm ativas graças a necessidade de reciclagem que as grandes cidades têm. Com a formalização desse tipo de trabalho, é possível retirar muitas pessoas do trabalho informal e abusivo em lixões e aterros, trazendo-as para um trabalho mais digno e com renda melhor. A reciclagem e as cooperativas geram empregos, renda para os mais pobres e, consequentemente, inclusão social para essas famílias.

Diminuição da poluição urbana

A redução da quantidade de lixo nas ruas e vias públicas talvez seja a consequência mais direta e imediata da reciclagem. Com a diminuição da poluição nas ruas outros problemas são evitados: alagamentos em tempos de chuva, problemas de saúde e saneamento em bairros periféricos, desperdícios de materiais que poderiam ser reutilizados.

Como podemos ver, a reciclagem tem um impacto bastante positivo na sociedade e na economia como um todo, tendo em vista que adequa diversas situações que precisam de recursos financeiros para serem remediadas, por exemplo: construção de novos aterros sanitários quando os já existentes não suportam mais a imensa quantidade de lixo ou saneamento para diminuir proliferação de doenças, tratamento e limpeza de áreas em degradação pela poluição.

Conseguiu entender como as suas pequenas atitudes sustentáveis dentro de casa podem impactar em toda sociedade, movimentar a economia e até mudar vidas? Continue acompanhando a campanha para que possamos juntos, cada dia mais, manter a cidade limpa.

Compartilhe o Post

Mais Notícias